CONEXÃO PASSIRA: 14 de Fevereiro de 2012

Radio

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

FORAGIDO DA JUSTIÇA É PRESO APÓS ARROMBAR RESIDÊNCIA EM BEZERROS.


A polícia Militar prendeu no bairro de Santo Amaro II no último Domingo (12)
O foragido da Justiça Severino José dos Santos de 21 anos vulgo (ar XIBIU) que reside no loteamento parque das arcácia Bairro do retiro, segundo as informações xibiu é fugitivo da cadeia de limoeiro onde cumpria pena por assalto a mão armada e estaria praticando arrombamentos a residências na cidade de Bezerros, após ser apresentado na delegacia local XIBIU foi recolhido ao presídio da cidade.
Fonte  :  Blitz nas Ruas

BLOG BOTA PREFEITURA PARA TRABALHAR.


Após várias cobranças do blog com relação aos buracos nas ruas Capitão Mateus Ricardo, também conhecida como a Rua do ETSÂO, e no Trevo do Galeto, finalmente a Prefeitura tapou. O tão divulgado recapeamento asfaltico não passou, segundo comentários, de um recapeamento engana besta.
Elias Lira chega no seu quarto ano de governo e vem “tropeçando nas próprias pernas” quanto ao ritmo na administração, a cidade está “correndo” e ele “andando vagarosamente” causando um descompasso na engrenagem chamada DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO.
Fonte  :  Blog do Pilako

RECOMENDAÇÃO VISA PROTEGER CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO MUNICÍPIO DE POMBOS.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) expediu recomendação para todos os comerciantes e proprietários de restaurantes e estabelecimentos similares da cidade de Pombos com o objetivo de que não vendam nem forneçam a criança ou adolescente, mesmo que acompanhados de seus pais ou responsáveis, bebidas alcoólicas de qualquer espécie.
O documento, de autoria da promotora de Justiça Alice de Oliveira Morais, destaca a importância de que os proprietários desses estabelecimentos também não vendam a crianças e adolescentes produtos que possam causar dependência física ou psíquica, como cigarro, por exemplo. Para expedir a recomendação, a promotora levou em conta as diversas notícias de que adolescentes estão fazendo uso de bebidas alcoólicas na cidade. “Diversos desses adolescentes têm, inclusive, se colocado em situação de risco, em decorrência do uso de bebidas alcoólicas, chegando a envolver-se na prática de atos infracionais”, explica a promotora.
Também foi recomendado aos comerciantes que exijam de todos os clientes jovens a apresentação de identidade ou documento com fotografia para verificação da maioridade dos mesmos, antes de fornecer-lhes qualquer tipo de bebida alcoólica. Ao comandante da Polícia Militar e à Delegada da Polícia Civil foi recomendado que procedam à realização de “blitz” surpresas, em dias e horários diversificados, em restaurantes, bares e congêneres, no âmbito do município.
Entre outras recomendações, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, deve promover campanha para conscientização e orientação às crianças e adolescentes da rede pública de ensino municipal, através de projeto a ser implementado nas salas de aula.
Vale destacar que, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), se constitui crime “vender, fornecer, ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, a criança e adolescente, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida”, pena de detenção de dois a quatro anos e multa, se o fato não constitui crime mais grave.
Fonte  :  A Voz da Vitória

MPPE COMBATE PROPAGANDA ELEITORAL EXTEMPORÂNEA NO MUNICÍPIO DE LIMOEIRO.

Mais um município é alvo de recomendação eleitoral, expedida pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com o intuito de combater a propaganda eleitoral extemporânea. Desta vez, o promotor de Justiça Garibaldi Cavalcanti expediu o documento para o município de Limoeiro, para que seja retirado, de imediato, qualquer propaganda eleitoral existente na cidade. Inclusive, a Recomendação ainda prevê que os candidatos, pré-candidatos e público em geral também se abstenha de realizar qualquer tipo de propaganda antes do dia 06 de julho de 2012. O documento alerta para que emissoras de rádio, TV e veículos de comunicação atentem para as regras da propaganda eleitoral.
A Recomendação foi publicada no Diário Oficial da sexta-feira (10) e faz parte de uma série de outros documentos, publicados com o mesmo sentido em diversos outros municípios do Estado e atende uma recomendação conjunta do procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, e do procurador regional Eleitoral e da República, Antônio Edílio Magalhães. A ideia é articular uma ação conjunta em todo o Estado, cuidando para que o pleito eleitoral de 2012 ocorra da melhor maneira possível. As recomendações ingressadas inicialmente pelos promotores de Justiça preveem que políticos e gestores públicos devem se abster de promover a divulgação, por qualquer meio, dos nomes, símbolos ou imagens, que direta ou indiretamente, possam caracterizar propaganda extemporânea, mesmo que subliminarmente.
Cabe ao Ministério Público Eleitoral o zelo pelo efetivo respeito à legislação eleitoral, promovendo as medidas necessárias à sua garantia. A propaganda política eleitoral extemporânea é propaganda irregular, que enseja a responsabilização eleitoral e cível dos candidatos, partidos políticos e coligações. A sua veiculação antecipada está sujeita a aplicação de multa de R$ 5 mil a R$ 25 mil, ou o valor da propaganda se este for maior. A depender do caso também pode configurar abuso de poder econômico ou político, com possibilidade de cassação do registro ou diploma do candidato.
Fonte  : Portal do MPPE

MATADOURO PÚBLICO DE LAGOA DO CARRO DEVE SER INTERDITADO EM 30 DIAS.

O Matadouro Público de Lagoa do Carro está localizado próximo a Cadeia Pública Municipal, bem como em área residencial, fato que impossibilita a sua manutenção no local. Com base nisso, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura, Secretarias de Agricultura e de Saúde, Vigilância Sanitária e procurador do município de Lagoa do Carro com o objetivo de interditar, no prazo de 30 dias, as atividades desenvolvidas no abatedouro da comarca.
Para firmar o TAC, de autoria das promotoras de Justiça Kívia Roberta de Souza e Maria José Mendonça, foi levado em consideração o relatório da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) o qual estabelece que o matadouro da cidade deve ser interditado imediatamente e transferido o abate para o Abatedouro Regional de Paudalho. A transferência dos animais para o abatedouro de Paudalho deve ser realizado até que seja construído matadouro municipal, atendendo as exigências sanitárias contidas na Lei Estadual 15.839/92.
O documento destaca que, durante o período em que o abate estiver sendo realizado no abatedouro de Paudalho, os compromissários devem disponibilizar transporte adequado para levar e trazer os animais. A Adagro, através dos seus respectivos técnicos, fiscalizarão o cumprimento do TAC, com a realização de vistorias semanais, remetendo relatório ao MPPE, no caso de descumprimento.
O descumprimento de qualquer dos compromissos firmados implicará ao município de Lagoa do Carro multa diária no valor de mil reais, revertido para o Fundo Estadual do Meio Ambiente, sem prejuízo das sanções civis, administrativas e penais cabíveis.
Carne de Primeira - Em busca de uma solução urgente e efetiva para o grave quadro dos matadouros, o Ministério Público de Pernambuco, através do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor (Caop-Consumidor), coordenado pela promotora de Justiça Liliane Fonseca, lançou o Programa Carne de Primeira. A iniciativa, que ainda abrange o combate ao abate clandestino e o transporte e comércio irregulares de carne, atende a metas previstas no planejamento estratégico institucional.
Fonte  :  A Voz da Vitória

MAU CHEIRO NA LAGOA DO MATADOURO PÚBLICO.


A leitora Fabiana Silva está indignada com o mau cheiro existente no novo matadouro público de Gravatá, situado na Estrada de Avencas.
Quem passa pela estrada, em frente ao matadouro sente o forte mau cheiro, que segundo ela, vem de uma lagoa de decantação onde são atirados os dejetos e sangue das matanças dos animais, que estão sendo mal administrados naquela unidade.
Ela disse temer pelas próximas chuvas que certamente vão encher ainda mais a lagoa e toda a podridão irá diretamente para o rio e os riachos que passam nas comunidades de Cotunguba e Avencas
A leitora faz um apelo para que a Secretaria do Meio Ambiente tome logo uma providência porque do jeito que está não da para continuar.  Segundo ela, falta de consciência com o ser humano em preservar a natureza.
Fonte  :  Fabiana Silva  / Blog do Castanha

JOÃO PAULO REBATE PREFEITO LUÍS BELO.

O ex-secretário de Ação Social de Salgadinho, João Paulo (PMDB) procurou a Rádio Jornal, e durante o programa Revista do Almoço, de Carlos Alfeu, respondeu às críticas do prefeito Luís Belo (PR), que fez uma entrevista ao mesmo programa na sexta (10).

João Paulo disse: "Foi uma atitude de despreparo e desequilíbrio do prefeito, que falou mentiras, insinuando que eu roubei merenda, eu vou processar ele por isso!"

João Paulo alega que foi ao Tribunal de Contas, e quem tinham feito tais denúncias eram os vereadores Carmem Lúcia e Bruno Rafael. "Em nenhum momento, acusei ele nem disse que ele roubava merenda. Em nenhum momento, disse que não recebia merenda. A merenda, na verdade, vinha do Supermercado Casa Amarela (de propriedade do prefeito), vinha em carro da prefeitura ou em carros não apropriados. Às vezes, vinham material de limpeza junto com comida. Ele vai provar na Justiça onde é que eu disse que ele robava merenda. Fazíamos o pedido, enviávamos ao supermercado. Não recebíamos nota fiscal, que ficava na prefeitura."

Questionado pelo radialista porque só depois de tanto tempo João Paulo veio a fazer tais denúncias, ele alegou que só estava sabendo disso há pouco tempo, teve acesso ás notas há pouco tempo.

Quanto ao rompimento com o prefeito, João Paulo disse: "O prefeito me convidou para o partido dele, mas 15 dias depois, fui surpreendido com a notícia da minha demissão." Sobre Evandro Pires (vice-prefeito de Salgadinho, mas que rompeu com Luís Belo), disse: "Evandro não tem influência alguma nas minhas atitudes. Não teve contato comigo nem me incentivou a ficar na oposição."

João Paulo disse não ter nada pessoal contra o prefeito: "Não admito que ninguém fale dele pessoalmente. Nós combatemos o administrador, não a pessoa. Fui repositor no supermercado dele, com muita honra. Ele me deu a mão, sim, fui secretário no governo dele, mas eu agradeci a ele. E a forma de agradecer foi trabalhando pelo povo, pois o Bolsa Família, o PETI, aumentaram muito na cidade. " finalizou.



Fonte  :  Limoeiro News