CONEXÃO PASSIRA: 30 de Agosto de 2011

Radio

terça-feira, 30 de agosto de 2011

OZANO E DILMA PELA SEGUNDA VEZ EM MENOS DE TRÊS MESES.

A convite do Governador Eduardo Campos, o Prefeito Ozano Brito acompanha nesta terça a visita da Presidenta Dilma Rousseff em Pernambuco. O evento está agendado com visita a cidade de Cupira para o início à construção das barragens Panelas II e Gatos que fazem parte do plano de contenção de enchentes da Zona da Mata Sul de Pernambuco. Em seguida Ozano Brito estará ao lado de Dilma e Eduardo Campo para assistir à aula inaugural do Curso de Medicina da Universidade de Pernambuco – UPE.

Esse é o segundo encontro do Prefeito Ozano com a Presidenta Dilma Rousseff em menos de três meses. Em junho ele foi convidado para assistir uma noite de shows no São João de Caruaru ao lado da comitiva presidencial.
  A
 informação saiu no site da Prefeitura de Gravatá                  

GRAVATÁ SEM ÁGUA NESTA QUINTA-FEIRA.

Na próxima quinta-feira (1) as cidades de Gravatá e Bezerros, ambas localizadas no Agreste de Pernambuco, terão o abastecimento de água suspenso durante 13 horas.

Segundo a Compesa, a paralisação é para que a técnica estará realize o serviço de manutenção na Estação de Tratamento de Água de Bezerros. Por isso, todos os bairros do município de Bezerros serão afetados. Já em Gravatá, apenas 15% da cidade será afetada pela falta de água.

Os locais que ficarão sem água em Gravatá serão:Loteamento Serra do Maroto (Ruas: 2, 3, 4, Estrada da Serra do Maroto, Reinaldo Samico, Av Carlos Borges e Av. Manoel Santiago), Loteamento Planalto, Loteamento Redenção (Ruas: Alameda do Serrano, Jardim do Vale, Estrada do Baobá, Estância Gravatá, Parque de Eventos e Ernesto Severino).

A previsão é de que o fornecimento de água volte ao normal a partir das 22h.

PREFITO DE LIMOEIRO FALA DE CARLOS ALBERTO.


Carlos Alberto Oliveira deixa um legado de obras sociais e esportivas em nossas memórias. O seu incansável trabalho em defesa de Pernambuco assemelha-se as suas ações externadas ao município de Limoeiro, terra que sempre teve orgulho de enaltecer como berço. Como político e desportista demonstrou força, perseverança e inteligência para conquistar sempre o melhor para Pernambuco. O seu falecimento deixa marcas de saudades, mas nos contempla com o exemplo de homem público. Em virtude do fato decretamos luto oficial de três dias na terra que ele sempre amou: Limoeiro! Aos amigos e familiares, nossas condolências.  Ricardo Teobaldo, prefeito de Limoeiro
Fonte: Blog Coisas da Vida

COMISSÃO DE JUSTIÇA APROVA NOVA REGULAMENTAÇÃO PARA CONCURSOS PÚBLICOS.

Os editais de concursos públicos realizados em Pernambuco deverão ser publicados com uma antecedência mínima de 180 dias da realização da prova. A regulamentação está prevista em matéria aprovada, nesta terça (30 de agosto), na Comissão de Justiça da Assembleia. O projeto é de autoria do deputado Ricardo Costa, do PTC.

A medida também proíbe a realização de concurso público unicamente para formação de cadastro de reserva, o que implica na obrigatoriedade da oferta de vagas a partir do início do prazo de validade da seleção.
Na justificativa do projeto, o autor argumenta que a antecedência do lançamento do edital é de fundamental importância para que os candidatos possuam tempo hábil para estudar o conteúdo programático. De acordo com Ricardo Costa, a medida vai garantir mais segurança para os concursandos. //
Outras oito proposições foram aprovadas na Comissão de Justiça. Entre elas, o projeto de lei do deputado Edson Vieira, do PSDB, que dispõe sobre a afixação obrigatória de adesivos nos veículos que compõem o transporte coletivo do Estado, informando os números de telefone do Disque-Denúncia, do Disque-Emergência e do Disque-Bombeiros. (F.M.)


CONSTRUÇAO DE BARRAGEM GERA PREOCUPAÇÃO ENTRE MORADORES DE BONITO.

Um dos compromissos da presidente Dilma, foi a assinatura de ordens de serviço para a construção de barragens no Agreste do estado. A execução do projeto da barragem de Serro Azul tem trazido muitas dúvidas para os moradores e ambientalistas de Bonito. De acordo com eles, o governo ainda não conversou com as famílias afetadas e não se sabe qual será o destino do turismo na região.

Aronílson Leal Paes é um dos representantes de Bonito no Comitê da Bacia do Rio Una. Ele explicou que os detalhes do projeto da barragem ainda não foram repassados. “Por conta dessa incerteza, surgiram comentários no município de que as cachoeiras e o turismo vão acabar“, diz.

De acordo com o Governo do Estado, a barragem de Serro Azul vai custar 480 milhões de reais e cobrirá uma área de aproximadamente 1600 hectares. A capacidade de armazenamento será de 380 milhões de metros cúbicos de água. Por conta desse volume, uma parte da área de Bonito, que faz limite com Palmares, será inundada.

Este fato tem deixado os agricultores da região preocupados. Eles ainda não foram informados se precisarão deixar a área.

A agricultora Maria Verônica afirma que alguns agricultores da área desistiram de manter as lavouras. “Resolvemos não plantar mais porque não sabemos como é que vamos ter retorno do dinheiro que nós investimos”, explica.

O secretário de Meio Ambiente de Bonito José Pinheiro de Andrade explicou o posicionamento do município: “o município esta pedindo que se faça um reflorestamento dessa área. Nós queremos saber onde as pessoas serão alocadas e como isso será providenciado. O município vai exigir que essas pessoas não sejam prejudicadas”, afirma.

Além da prefeitura, os impactos ambientais da obra também estão sendo questionados pela ONG Sabiá da Mata, que foi criada há quatro anos em Bonito. Os integrantes dizem que a área da barragem é de preservação permanente.

“Nossa preocupação é que os fragmentos da Mata Atlântica que existem na região sejam preservados. Nós queremos provocar os órgãos públicos, inclusive o Ministério Público de Pernambuco, para que as providências em relação à diminuição desses impactos sejam tomadas”, afirma Arlington Coelho, representante da ONG.

De acordo com o secretário de Recursos Hídricos João Bosco de Almeida, a mata já foi destruída no passado. “Diferentemente das outras barragens, que são menores, mas pegam uma área mais arborizada, com floresta, essa não tem quase nenhuma mata. Mesmo assim estamos concluindo um estudo ambiental. Eu espero estar com ele pronto em setembro, com todos os cuidados e as compensações que a lei determina.”, explica.

Quanto às famílias que vivem no local, o secretário afirmou que só serão retiradas as pessoas que vivem onde a obra será realizada e que um debate com os moradores será iniciado. “Um pessoal está inventariando todas as famílias que moram na região afetada, registrando o que elas fazem e quais benfeitorias existem nas terras. Depois iniciaremos um debate com os moradores para decidir qual é a melhor forma de remanejamento das pessoas”, afirma.

O secretário ainda informou que as obras serão iniciadas em de dezembro deste ano e que o turismo não será afetado. De acordo João Bosco os turistas terão acesso à cachoeira do Véu da Noiva em um passeio de barco, o que atualmente não é possível.

Fonte: Giro PE

TONY GEL CRITICA GOVERNO FEDERAL E ATRIBUI PROBLEMAS DO PAÍS À EQUIPE DA PRESIDENTE DILMA.

O Brasil é a sétima economia do mundo, mas ainda possui índices que denunciam a má qualidade de vida da sua população. A afirmação é do deputado Tony Gel, do Democratas, que aproveitou a visita da presidente Dilma Rousseff a Pernambuco, nesta terça (30 de agosto), para fazer uma série de críticas ao Governo Federal.

Segundo o parlamentar, 41% das pessoas que moram nas áreas urbanas do país não dispõem de saneamento básico. Outro dado informa que 43% dos domicílios brasileiros são considerados inadequados para se viver. Tony Gel ainda apontou falhas no sistema educacional, ressaltando que apenas 11% das pessoas entre 25 e 64 anos possuem diploma universitário. Para o democrata, o índice é preocupante, ainda mais para um país que almeja ser uma potencia mundial.

Na tribuna, o deputado informou que, apenas no último ano, o Brasil perdeu três posições nos indicadores de negócios do Banco Mundial. O parlamentar também criticou a qualidade das estradas nacionais e a contrapartida de 50% cobrada pelo Governo Federal para a construção de barragens de contenção de enchentes em Pernambuco. Na opinião de Tony Gel, a maioria dos problemas da atual administração pode ser atribuída à má qualificação da equipe de ministros e assessores da presidente Dilma.

Em aparte, o líder da Oposição, Antônio Moraes, do PSDB, lembrou que quase 70% do orçamento da União é destinado ao pagamento da dívida e do funcionalismo público. Já o deputado Odacy Amorim, do PSB, salientou que o país e, principalmente, Pernambuco, vivem um bom momento econômico e estrutural
. (F.M.)