CONEXÃO PASSIRA: 21 de Fevereiro de 2012

Radio

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

BANDA RELUZ FAZ GRANDE SUCESSO NO CARNAVAL PASSIRENSE.

ÉDINA, proprietária e instrutora da BANDA RELUZ com quinze integrantes, fez uma grande apresentação no carnaval de Passira, mas precisamente no palco em que a prefeitura montou para apresentação do carnaval de 2012.
Com uma equipe de grande profissionais com responsabilidade, demostrou a capacidade de se apresentar em qualquer lugar sem que deixe o público a desejar.
Os bailarinos com uma coreografia exuberante e não tão repetitiva, deixando os fuliões entusiasmados com o que via.


Parabéns BANDA RELUZ !!!


Veja fotos...

JOAQUIM NETO APOIA E BRINCA O CARNAVAL DE RUA.

Ao contrário do atual prefeito, Ozano Brito (PSD), o ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB) está nas ruas, vestido a caráter e dançando frevo com a multidão. Sujo de pó, mas de alma limpa e feliz, Joaquim Neto participou nesta terça-feira (21) de mais uma edição do Bloco Amante das Rosas, que comemora hoje comemora 40 anos de existência e tradição: “Participo há 25 anos desse carnaval. Quando cheguei aqui em Gravatá esse bloco tinha apenas 15 anos de existência e hoje nos deparamos com essa beleza de espetáculo”, disse Joaquim.
O ex-prefeito disse que gosta de está entre da multidão: “Independente de ser político, sou cidadão, gosto  da minha gente. Esta festa esta bonita! É composta de gente ordeira e responsável e não perderia de forma alguma”, finalizou Joaquim. A empresária Ana Pontual (PSB) também apareceu por lá: “Esse tipo de evento tradicional eu faço questão de apoiar. O Bloco Amante das Rosas preserva até hoje essa tradição linda do carnaval”, disse a empresaria da Gravatá Net. Léo do Ar (PMDB) também se misturou ao povão: “Aqui estou eu, sujo de pó, mas, entre as pessoas que eu gosto. Eu não me escondo das pessoas como muitos fazem. Eu gosto disso, afinal é festa é tradição”, disse feliz da vida.
O ex-vereador Gustavo da Serraria (PV) observou atentamente toda movimentação e aproveitou para conversar com Léo e Ana Pontual. O radialista Paletó Elogiou Joaquim Neto: “Precisam engolir isso! Joaquim é do povo e não tem medo de está perto das pessoas”, disse o locutor. Joaquim só saiu da festa no final dela por volta das 13hs.


Fonte  :  Portal GN

DEPUTADO ZÉ MAURÍCIO PRESTIGIA BLOCO DO VERMELHÃO EM PASSIRA.

O Deputado Estadual Zé Maurício prestigiou o carnaval passirense nesta segunda-feira(20/02), participando do Bloco O VERMELHÃO, que é organizado pelo Marcos Farias.

O Deputado se juntou com seus aliados políticos, a vereadora e presidente da Câmara de vereadores de Passira Vanessa Gabriel e seu pai Elias Gabriel presidente do PSD. Não deixando de registrar as presenças do então vice-prefeito Dr. José Barata e dos Pré-candidatos a prefeito e vice Severino silvestre e Edelcinho.
Contagiado com o folião passirense o deputado juntou-se aos fuliões e dando banho de espumas demostrou que realmente estava com espírito carnavalesco. Sem esquecer que sua cidade natal é um dos polos carnavalesco reconhecidíssimo no  estado de Pernambuco e no Brasil.

POLÍCIA MILITAR REPRIME TRÁFICO DE DROGAS EM BEZERROS.

Diversas ações da polícia militar na cidade de Bezerros neste domingo de carnaval (19/02), geraram várias conduções à delegacia local, com apreensões de entorpecente, num total de 61 frascos de loló e 50 gramas de maconha.

Logo cedo, a viatura de Bezerros suspeitou de três menores, um de 15 e dois de 16 anos, na rua Padre Júlio Maria, no bairro do Salgado, que estavam com 23 frascos de substância entorpecente conhecido por cheirinho da loló, além de uma porção de maconha. No início da tarde, na avenida Principal, no bairro de Santo Amaro, foi a vez dos policiais da Rocam de Bonito, em serviço na cidade, abordarem Wellington do Nascimento Souza, 19 anos, Ítalo Carvalho Tavares de Santos Souza, 22 anos, e um adolescente de 17 anos, sendo encontrado com o grupo 36 frascos de loló. Logo em seguida, na rua da Matriz, centro de Bezerros, José Carlos Gouveia da Silva,18 anos, foi surpreendido com dois frasco de loló e uma porção de maconha.

As ocorrências foram encaminhadas até o plantão da delegacia de Bezerros para os procedimentos pertinentes.

Fonte  :  Blog do Adielson Galvão

BLOCO DO "A CORDA DE PASSIRA".

Passira amanheceu nesta segunda-feira de carnaval com o BLOCO A CORDA, que teve a organização do carnavalesco Veronaldo. Saindo de sua residência na Rua 1º de Maio, o bloco percorreu pelo centro da cidade, e pelos Altos da Esperança e Caturité parando no pátio carnavalesco, onde teve a apresentação do DJ Rogério. Vale lembrar que o bloco teve o acompanhamento da banda de frevo mandacaru comandada pelo instrutor TONINHO TROMPETE.

VEJA AS FOTOS...

EFEITO CASCATA NA FICHA LIMPA.

A aprovação da Ficha Limpa para as eleições de 2012 impulsionou grupos como o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) a pressionar para que a regra não fique restrita aos cargos eletivos, mas atinja também as nomeações para o segundo escalão. A ideia é exigir dos candidatos a prefeito em outubro que estendam a exigência de probidade para todas as instâncias da máquina pública municipal. “Não adianta um prefeito ter a ficha limpa se ele monta seu secretariado com correligionários que tenham a ficha suja. O mesmo vale na esfera federal: se o presidente tem que ter a ficha limpa, seus ministros também devem ser escolhidos com base nesse critério”, afirma Marcelo Laverne, do MCCE. No governo federal, o assunto já está em debate desde outubro. A iniciativa é da Controladoria-Geral da União (CGU), que dialoga com a Casa Civil, Ministério da Justiça, Secretaria de Relações Institucionais (SRI) e Advocacia-Geral da União (AGU) para a elaboração de um decreto presidencial para reger essa questão. Uma das sugestões do ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Jorge Hage, é de que sócios-dirigentes ou administradores de empresas consideradas inidôneas não possam ser indicados para cargos na máquina federal.
Os partidos também foram obrigados a se adaptar aos novos tempos. Eles terão de refazer seus planejamentos, rever os apoios eleitorais e a política de atração de filiados para concorrer nas eleições de outubro. Tudo isso deverá estar pronto até junho, quando se iniciam as convenções partidárias para a definição dos candidatos a vereador e prefeito em todo o país.
Maior partido do país em número de prefeituras, o PMDB começou a correr atrás do prejuízo. “Eu avisei aos diretórios municipais para substituir os candidatos que tivessem algum tipo de problema antes mesmo de o STF aprovar a lei”, disse o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Raupp afirma que “a Ficha Limpa é um avanço no processo democrático”. Mas, há dois meses, os peemedebistas tinham restrições à nova legislação. Tanto que a cúpula partidária foi em caravana ao STF pedir a liberação para que o senador Jader Barbalho (PMDB-PA) pudesse assumir seu mandato no Senado. Em troca, lutariam, no Congresso, pelo reajuste dos servidores do Judiciário. Dilma não deu o reajuste, mas Jader foi empossado.
Peneira rigorosa
http://www.itapuamafm.com.br/site/images/stories/2011/dezembro/cnt.jpgUm dos relatores da Lei da Ficha Limpa na Câmara, o presidente do PSD no Rio, Índio da Costa, comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de validar a lei já nas eleições de 2012. “Os partidos, agora, terão que fazer um filtro. O resultado acaba com o coronelismo na política. Os traficantes, milicianos não tinham votos, mas tinham poder e acabavam sendo candidatos”, destacou Índio, que foi candidato a vice-presidente de José Serra (PSDB) nas eleições de 2010. “É o sepultamento do período em que os fins justificam os meios”, reforçou Índio. Para o presidente do PSB, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, a Ficha Limpa vai ajudar a democracia e serve para agilizar a instrução processual. A pessoas próximas, o governador tem dito que uma lei como essa só precisa ser aprovada porque os julgamentos no país são “muito morosos”. Com isso, os réus em processos administrativos e criminais podem candidatar-se em busca de foro privilegiado, o que, em última instância, acaba por ajudar no prolongamento dos inquéritos. Na opinião do presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), o Supremo Tribunal Federal atendeu aos anseios da sociedade pela moralidade na política brasileira. “Essa decisão é excelente. Muito importante para melhorar os costumes políticos no país”, afirmou Freire. O parlamentar acrescentou ainda que o fato de a lei ter sido aprovada antes das eleições foi positivo. “Assim, os partidos terão tempo para ajustar suas nominatas (listas de candidatos) à lei”, afirmou.[ Via  ]