CONEXÃO PASSIRA: 10 de Maio de 2012

Radio

quinta-feira, 10 de maio de 2012

PREFEITO DE JOÃO ALFREDO MOSTRA SEU LADO "ARTILHEIRO" NO MEIO DA GAROTADA..

Durante o feriado de primeiro de maio, a equipe juvenil do INAF recebeu o Porto de Caruaru para um amistoso no Estádio Asa Branca, no município de João Alfredo. O trabalho de revelação de atletas realizado pelo INAF vem ganhando espaço no futebol pernambucano, inclusive com jogadores integrados as categorias de base de clubes da capital pernambucana, a exemplo do jovem Harlan, atualmente, defendendo as cores do Santa Cruz.

Mas no amistoso, sob um sol de “rachar a cuca”, quem roubou a cena foi o prefeito Severino Cavalcanti (PP). Mesmo com a idade avançada e a saúde em contínuos cuidados, o gestor foi prestigiar o jogo e, claro, não poderia deixar de dá o toque de saída. No chão de terra batida, Severino fez uma cara de goleador e posou para as lentes dos fotógrafos. Pelo sorriso do seu “colega de ataque” (camisa 9), o prefeito é titular absoluto. 

Fonte  :  Blog do Agreste

COM PLACAR APERTADO, CÂMARA DE VITÓRIA APROVA "FICHA LIMPA" PROPOSTA POR EVERALDO ARRUDA.

Seguindo o exemplo do que já ocorre no País, em alguns Executivos estaduais e algumas capitais, o critério para contratação de pessoas em cargos comissionados que estejam com a ficha limpa tornar-se obrigatória também no Município da Vitória de Santo Antão. Por 4 x 3, os vereadores vitorienses aprovaram na noite da terça-feira (08), o projeto de Lei nº 032/2012 de autoria dovereador Everaldo Arruda (PDT).
Segundo o projeto aprovado que segue para a sanção do Prefeito Elias Lira (PSD), fica vedado as nomeações de Cargos em Comissão, na esfera do Poder Legislativo e Executivo em Vitória de Santo Antão, indivíduos que detenham condenações julgadas em definitivo.
Os únicos que não puderam votar no projeto de Lei foram os vereadores José Aglaílson (PSB), Irmão Duda (PSDC), ambos ausentes, além do vice presidente da Casa Dr. Saulo (PSB), o qual no momento dirigia a Sessão.
“Muito tem se falado na Lei da Ficha Limpa e sua aplicação punindo políticos que cometeram desvios no exercício dos mandatos, mas é preciso também proteger a Administração Pública, no que se refere às nomeações para cargos comissionados, não poucas vezes envolvidos os seus detentores em escândalos de desvio e malversação do dinheiro público”, justificou Everaldo Arruda.
A Lei Municipal do Ficha Limpa em Vitória de Santo Antão detém uma série de recomendações que impedem os indicados às funções comissionadas tanto na Prefeitura quanto na Câmara Municipal de tomar posse dos cargos. Amplia-se desde os casos transitados em julgado pela Justiça Eleitoral, bem como os que forem excluídos do exercício de sua profissão, os efetivos aposentados compulsoriamente e os que renunciarem forçados por processo investigativo, todos os requisitos se aplicam a um prazo mínimo de seis anos.
Fonte  :  A Voz da Vitória

VEREADORES REJEITAM CONCURSO PÚBLICO PROPOSTO POR AGLAILSON.


Com o intuito em atender as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que versa sobre cargos que se enquadram essenciais ao funcionamento do serviço público que deveriam ser providos através de concurso público, provocou a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão apresentar na noite da terça-feira (08/05), o Projeto de Lei nº 27/2012 que diminui os cargos comissionados e torna efetivo algumas funções no Poder Legislativo.
Segundo a proposta defendida pelos quatro membros da Mesa, presidida pelo vereador José Aglaílson (PSB), serviria para fortalecer a estrutura funcional da Câmara de Vitória que contará na próxima legislatura com 15 parlamentares e ainda com a ampliação do espaço físico da Casa que passa por reformas. Porém, a maioria dos vereadores presentes à Sessão rejeitaram o novo formato.
Os únicos que não puderam votar no projeto de Lei que reestrutura o quadro funcional da Câmara foram os vereadores José Aglaílson (PSB), Irmão Duda (PSDC), ambos ausentes, além do vice presidente da Casa Dr. Saulo (PSB), o qual no momento dirigia a Sessão.
A criação da nova estrutura organizacional, quadro de pessoal, cargos e vencimentos da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão, de acordo com este Projeto rejeitado, funcionaria no seguinte tripé: Gabinete da Presidência, Coordenadoria de Controle Interno do Legislativo (CCIL), e Diretoria Geral. Esta estruturação corresponderia a 31 servidores efetivos (alguns reservados para Concurso Público), e os outros em Cargos Comissionados (livre nomeação) que chegariam a 88. Considerando a nova estrutura proposta pela Mesa, a Casa Diogo de Braga poderia ter o percentual de 51% de seu quadro de funcionários efetivos.
Hoje apenas 11% dos funcionários da Câmara são efetivos. A atual estrutura de funcionamento dos gabinetes dos nossos 11 vereadores totalizam o valor de R$ 7.944,00 para cada um. Divididos em 01 assessor parlamentar, 02 auxiliares de Secretaria, 02 assistentes de gabinete e 01 Chefe de gabinete, totalizando 06 funcionários comissionados.
Com o novo formato este quadro funcional não ultrapassaria R$ 8.000,00, em uma estrutura de 02 assessores legislativos, 02 assessores administrativos e 01 Chefe de gabinete para cada parlamentar, totalizando 05 funcionários comissionados. Com esta lógica, a Casa poderia ter ao invés dos atuais 142 funcionários comissionados estes cairiam para 88, em uma média de 09 servidores para cada um dos 15 futuros vereadores.
Temendo perder futuros espaços, a maioria dos parlamentares vitorienses desaprovaram o projeto de Lei elaborado pela Mesa Legislativa. Isso, segundo um dos vereadores presentes à Sessão, devido a desconfiança de como seria o provimento das vagas efetivas criadas, as quais estariam submetidas a um futuro Concurso Público.
Se o Projeto de Lei fosse aprovado, José Aglailson estaria autorizado a convocar um Concurso Público da Câmara de Vitória no prazo de 120 dias, para preenchimento das vagas criadas do seu quadro pessoal efetivo, os quais atualmente como se constatam, diminuiriam os conhecidos “cargos de confiança”.
Câmara de Vitória aprova Ficha Limpa para Comissionados…
SAIBA MAIS AQUI.
Fonte  :  A Voz da Vitória