CONEXÃO PASSIRA: GOVERNO DO ESTADO IMPLANTA PROGRAMAS CONTRA DESERTIFICAÇÃO E GANHA PRÊMIO DA ONU. e ganha prêmio da ONU

Radio

segunda-feira, 30 de junho de 2014

GOVERNO DO ESTADO IMPLANTA PROGRAMAS CONTRA DESERTIFICAÇÃO E GANHA PRÊMIO DA ONU. e ganha prêmio da ONU

Os projetos de Zoneamento das Áreas Vulneráveis à Desertificação e de Implantação de Módulos de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade, integrantes do Programa Caatinga Sustentável ganham reconhecimento internacional. Lançadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Meio Ambiente e sustentabilidade (Semas), os projetos são resultados da preocupação do Governo com o meio ambiente e as ações têm como foco o controle da desertificação, uma vez que 90% do território pernambucano estão sujeitos ao processo de desertificação no Semiárido.
Para secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Cavalcanti, a premiação ratifica o trabalho que a Governo do Estado vem fazendo e funciona com um estímulo para expandi-lo a outras áreas., declarou o secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Cavalcanti. Além disso, segundo o secretário, os prêmios vão ajudar na captação de recursos para outros projetos.
O Programa Caatinga Sustentável prevê ações integradas de segurança hídrica, alimentar, energética, ambiental e de capacitação em três projetos distintos, sendo as mais importantes o Mapeamento das Áreas Vulneráveis ao Processo de Desertificação e Implantação de Módulos de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade. Segundo o secretário, foram analisadas imagens de satélite de alta resolução para identificar as regiões mais degradadas.
No que se refere à Implantação de Módulos de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade. Os trabalhos foram desenvolvidos no entorno das unidades de conservação e dos arranjos produtivos adequados a cada comunidade, a exemplo da produção de mel entre outras atividades sustentável.
O secretário lembra que, no mês de maio, um poço artesiano foi inaugurado em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, beneficiando diretamente 30 famílias. Também foi lançado o primeiro Módulo de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade e promovida uma capacitação de 80 agricultores e professores do município para combate ao avanço do processo de desertificação.

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade

Foto: César de Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário