CONEXÃO PASSIRA: UMA NOITE GLAMOUROSA PARA AS POSSES DOS SECRETÁRIOS FERNANDO RESENDE E FERNANDA GAYOZO.

Radio

quinta-feira, 5 de junho de 2014

UMA NOITE GLAMOUROSA PARA AS POSSES DOS SECRETÁRIOS FERNANDO RESENDE E FERNANDA GAYOZO.

Com as posses dos secretários, o governo do prefeito Bruno Martiniano quis mostrar força, coesão, unidade de equipe, decisão nas mãos do prefeito e que precisa se mostrar para o povo. O prefeito fez um longo discurso cheio de recados cifrados e alfinetadas nos adversários e ainda se auto elogiou ao dizer “é o estilo Bruno Martiniano de ser e de governar” …

Foi uma noite de festa para os secretários Fernando Resende (Turismo / Governo) e Fernanda Gayozo (Meio Ambiente /Planejamento) serem empossados com glamour, duzentas cadeiras no Pátio do lado de fora com telão transmitindo a solenidade e o plenário da Câmara Municipal lotado, na maioria por pessoas que compõem os quadros da municipalidade.
Os discursos foram muitos e, alguns deles, bastante cifrados e emblemáticos, daqueles de mandar recados “para entenda quem quiser“.
Falaram Fernando Resende que assumiu a Secretaria de Governo. Depois Fernanda Gayozo do Planejamento. Em seguida o vereador presidente da Câmara Pedro Martiniano, depois o deputado Waldemar Borges e em seguida o prefeito Bruno Martiniano.
FERNANDO RESENDE

fer v5Resende fez discurso de político. Vereador tarimbado quis prestigiar sua Casa Legislativa. Fez a festa de posse no plenário da Câmara Municipal, trouxe eleitores cativos da zona rural e os abrigou em cadeiras no pátio externo da Câmara, bem sentadinhos em frente ao telão e teve o cuidado de mandar sua equipe convidar por telefone grande número de pessoas para prestigia~lo, além dos servidores municipais quem foram convocados. O recinto interno da Câmara ficou lotado.
Em seu discurso teve o cuidado de destacar sua lealdade ao chefe do executivo afirmando que iria trabalhar para fortalecer as ações do Governo, manter um diálogo permanente com a população, com os vereadores e com todas as pessoas que o procurasse na Secretaria de Governo. Fez questão de mostrar que está afinado com o prefeito e sua equipe e demonstrou confiança de que as coisas estão acontecendo no caminho certo e que vai insistir sempre no diálogo e na verdade.
FERNANDA GAYOZO
fer v1Em suas palavras, mostrou que assumiu o cargo de Secretaria de Planejamento para trabalhar, dar continuidade em tudo que vinha dando certo na Secretaria e criar os novos mecanismos para resolver da melhor maneira as questões que Gravatá precisa para continuar crescendo. 
PEDRO MARTINIANO
fer v2O vereador Pedro Martiniano foi o terceiro da noite a discursar. Procurou demonstrar que tinha o controle da Câmara e aproveitou para demonstrar o grau de conhecimento que tem pelas ações da Prefeitura, apontando várias ações que vem dando certo por secretaria. Destacou a saúde. Falou dos resultados da Educação, do desenvolvimento urbano com a ordenação da feira e dos mercados, da realização de obras, passando para o público presente que a Prefeitura vem funcionando com competência, coesa, organizada e forte.
WALDEMAR BORGES
fer v3O deputado Waldemar Borges proferiu um dos discursos mais bonitos e inteligentes de noite. Discurso para bom entendedor, cifrado para que quis entender o recado. Criticou os maus políticos e as políticas ultrapassadas e corrompidas. Protestou para quem pensa que votos se compra. Exaltou os políticos sérios, que tem compromissos, seriedade, competência, lealdade e que cumpre as promessas e os acordos. Fez questão de destacar seu amor por Gravatá, ao povo de Gravatá e as muitas amizades que construiu por aqui. O deputado criticou aquelas pessoas que só sabem fazer ingratidão, que traem, que não reconhecem o valor das amizades e esquecem das oportunidades que lhe foram dadas.
BRUNO MARTINIANO
fer v4Foi o mesmo Bruno de sempre! Personalista quando se auto destacou ao se referir ao “Estilo Bruno Martinano de governar”. Olhou para Fernando Resende e o elogiou dizendo que era um homem bom, trabalhador, leal e que teve a humildade e o sacrifício de ter sabido recuar dois ou mais passos, no momento que era definida a chapa que disputaria a eleição (deve ter se referido e lamentado por Fernando hoje não ser o seu vice-prefeito).
Em outro momento criticou pessoas que já passaram pelo seu governo ao fazer a seguinte crítica velada: “Pessoas que chegaram aqui pensando que ia ser o prefeito” ou “fazer o que fizeram em outras cidades por onde passou“, mas, “não conseguiram, foram embora …
Destacou que seu governo vai bem e que tem o apoio do povo. “Na campanha saia sozinho pelas ruas e o povo me acompanhava. Posso fazer o mesmo hoje. Pego uma bandeira nas mãos e saio pelas ruas e logo o povo virá atrás“. Passei o primeiro ano de governo resolvendo os muitos problemas que encontrei, tive que me recolher, mas, em 2014 será muito diferente”, destacou. Disse ainda que aplicou uma pesquisa com mais de 900 entrevistados e que os resultados obtidos foram satisfatórios, positivos e de boa aceitação pelo público entrevista, principalmente nos quesitos Educação (mais de 70%) .Merenda Escolar (83%) e Saúde (subiu de 30 para 50%).
Foi enfático ao afirmar que não estava preocupado com críticas e fofocas vindas de grupos que falam mal do seu governo nas ruas, pontos de taxis e de mototaxis, bares e barracas e que estava muito menos preocupado com panfletos apócrifos jogados nas ruas o acusando de coisas que não fez. “Meu pai trabalhou muito em vida e deixou um bom patrimônio para a família. Sempre fui muito bem criado e tive tudo que sempre desejei. Gosto de ter uma vida cheia de coisas boas de ter o que é bom. Tudo que tenho e que consegui esta declarado na minha declaração de Imposto de Renda e não tenho nada a temer“. Voltou a falar mais duas vezes no tal panfleto a que se referiu, procurando sempre reafirmar sua repulsa a esse tipo de expediente e que estava tranquilo com sua vida. “Não tenho medo e nada tenho a temer

Fez críticas a pessoas que se afastaram da sua trajetória política. “Quem acreditou em mim e no meu projeto está comigo. Quem não acreditou ficou para trás”.
fer v7Mas, o discurso de Bruno Martiniano não foi só de se auto afirmar e dar alfinetadas.
Ele falou na criação de um comitê da Secretaria de Planejamento para atender os proprietários de imóveis de baixo poder aquisitivo que queiram fazer obras e reformas. Terão um atendimento especial. Falou nos grandes construtores que querem investir em Gravatá e criticou aquelas empresas que foram embora do Município que só queria ganhar dinheiro e desrespeitar as leis do uso e ocupação do solo. Disse ainda que iria regularizar vários imóveis destacando entre eles os dos bairros Porta Florada, Falou na importância do novo Plano Diretor do Município. na municipalização do trânsito, em aumento de salário da Guarda Municipal e seus novos equipamentos.
Não esqueceu os BLOGS, quando afirmou que gostava de ler os melhores blogs do Brasil e dos Estado, como seu amigo Magno Martins … é por aí. 

Fonte e Fotos:  Blog do Castanha e copiado da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Nenhum comentário:

Postar um comentário