CONEXÃO PASSIRA: Auditor do TCE assume secretaria de Educação do Recife.

Radio

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Auditor do TCE assume secretaria de Educação do Recife.

Os professores da rede municipal farão paralisação de advertência, como era esperado e como antecipou mais cedo o Blog de Jamildo. Estão no seu papel de buscar melhorias salariais.
A paralisação será o primeiro desafio do novo secretário de Educação, Jorge Vieira, ex-secretário executivo de Coordenação Geral da pasta e que assume o cargo nesta quinta em substituição a Valmar Corrêa. O novo secretário é auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desde 1995.
Quem conhece o estilo de Geraldo Júlio, sabe que não se trata de uma coincidência. O prefeito tem obsessão de cobrar resultados e metas. Ele defende que a gestão pública tem o dever de ser eficiente.
Jorge Vieira está na pasta desde setembro de 2013 e fez parte das duas gestões do governo Eduardo Campos. Foi Secretário Executivo de Gestão Estratégica, na Secretaria de Planejamento e Gestão, na qual era responsável por monitorar as metas prioritárias de todas as áreas do governo, e secretário executivo de Coordenação Geral na Secretaria de Saúde.
Como é praxe na área política, o prefeito Geraldo Julio elogiou o secretário que saiu.
“Valmar teve grande importância nesse um ano e cinco meses de gestão, lançando diversos projetos que têm ajudado a melhorar a educação das nossas crianças, como a entrega de tablets para os alunos da rede municipal, construção de creches-escolas e investimento na implantação de escolas de referência. Só tenho a agradecer a ele e desejar sorte nessa nova missão”, afirmou, em nota oficial.
Segundo a PCR, em 1 ano e 5 meses à frente da Secretaria de Educação do Recife, Valmar Corrêa comandou o lançamento de projetos “inovadores”, como os Tablets PCs e o Programa Robótica na Escola, que teriam alavancado a presença da tecnologia em sala de aula. Já a construção de creches-escolas teria implantado nas comunidades um atendimento modelo na educação infantil. Corrêa também esteve à frente do anúncio de 21 escolas de referência para os anos finais do ensino fundamental, que estarão prontas até 2016, em um investimento que ultrapassa os R$ 120 milhões.
Fonte  :  Blog do Jamildo

Nenhum comentário:

Postar um comentário